Encontre-nos no Facebook
Siga-nos no Twitter
Nosso Canal no YouTube

Artigos

Dietas da moda

 

          Atualmente, não há nada mais fácil do que encontrar alguém que seja "especialista" em dietas. Muitas revistas e sites fornecem infinitas possibilidades de perda de peso rápida. Porém, sabemos que as pessoas são únicas e têm muitas particularidades, portanto, a dieta, também deve ser algo INDIVIDUALIZADO.

          As dietas ditas "da moda", não têm nenhum fundamento científico e em muitos casos, pode trazer complicações como: fraqueza, perda de massa muscular, desidratação, cansaço, aumento de colesterol, sobrecarga renal e hepática, doenças cardiovasculares, hipovitaminose, anemia ferropriva, hipoproteínemia, hiperproteínemia, aumento de ácido úrico, entre outros.
A chave para o emagrecimento é a mudança dos hábitos alimentares e essas dietas não contribuem para isso, fazendo com que as pessoas não consigam atingir seus objetivos.


         Listamos abaixo algumas dietas da "moda":

  • Dieta do alfabeto:
  • Cada dia corresponde a uma letra e só é permitido ingerir alimentos que comecem a letra.
  • Dieta da fruta: Somente frutas são ingeridas, os outros alimentos são proibidos.
  • Dieta da sopa: Somente sopas de verduras e legumes são ingeridas, alimentos de origem animal e carboidratos, são proibidos.
  • Dieta da proteína (Dr. Atikins): Dieta que libera o consumo de todos os tipos de carnes, queijos e embutidos. Alimentos fonte de carboidratos (arroz, macarrão, pão etc) são proibidos.
  • Dieta da lua: Nessa dieta, a pessoa deve ingerir somente líquidos por 24 horas durante cada mudança de fase da lua. Durante esse período, o indivíduo consome sucos de frutas, chás, caldos e água.
  • Dieta da lombriga: Em dias alternados tomam-se cápsulas que contêm uma larva e um copo de um líquido esverdeado, o qual não se sabe do que é feito. Os vermes instalam-se no intestino da pessoa, crescem e ficam com a forma de lombrigas. Elas se alimentam do bolo alimentar do duodeno emagrecendo o usuário.
  • Dieta da USP: Pode comer: presunto e ovos são os principais alimentos e estão presentes em todas as refeições, rico em gorduras e proteínas. Não pode comer: carboidratos, vegetais e frutas.
    Obs: Essa dieta NÃO foi desenvolvida por nenhum profissional da USP.
  • Dieta das cores: Pode comer: frutas, verduras e legumes de uma mesma cor durante o dia inteiro (ex: dia verde = abacate, alface, escarola etc). Alimentos de origem animal e carboidratos estão proibidos. 
  • Dieta dos carboidratos: Cereais, vegetais, frutas, sopas e produtos de soja são liberados. Não pode comer alimentos de origem animal.
  • Dieta a base de Shakes: Estimula a substituição de uma refeição por uma mistura, que deve ser colocada na água ou suco ou leite (milk shake) para diminuir as calorias. 
  • Dieta do tipo sanguíneo: Determina a dieta tendo como base o tipo sanguíneo da pessoa. Efeitos colaterais: Esta dieta não tem um fundamento científico e não é balanceada, levando a uma série de doenças carenciais.

          Não caia em furadas, entre em contato com um nutricionista e aprenda a se alimentar bem pra sempre!

Fonte: Juliana B. Menegazzi, nutricionista sócia-proprietária da Saúde Viver Consultoria em Nutrição

 

 
Outros artigos: