Encontre-nos no Facebook
Siga-nos no Twitter
Nosso Canal no YouTube

Artigos

Dificuldades na implantação do controle de qualidade na área de alimentos

 

          As pessoas envolvidas nos programas de controle de higiene e segurança alimentar em estabelecimentos alimentícios, como nós da Saúde Viver Consultoria em Nutrição, se deparam com diversos obstáculos tanto na implantação como na continuidade do monitoramento.

          Pela vivência da nossa equipe de nutricionistas, observamos que os segmentos de maior porte como fábricas e indústrias de alimentos tem mais facilidade frente aos estabelecimentos menores e, principalmente, comércios para implantação e controle de higiene. Alguns fatores como: cobrança mais rigorosa de fiscalização, melhor estrutura, funcionários mais capacitados, pessoas específicas para os controles e cobranças, entre outros.

          No comércio de alimentos, que é o principal segmento em que a Saúde Viver Consultoria em Nutrição atua, observamos dificuldades bastante semelhantes entre todos os clientes, dentre eles, destacamos os principais:

 

  1. Pouco ou nenhum envolvimento de proprietários e/ou gerência:  Esse é o ponto fundamente para o sucesso do nosso trabalho, pois é a partir desse ponto que conseguimos identificar o potencial do estabelecimento e assim alcançar com sucesso os objetivos do trabalho e mantê-los, independente da presença da consultora da Saúde Viver Consultoria em Nutrição.
  2. Baixo investimento: Para implantação do controle higiênico-sanitário, é necessário investimento em material e estrutura (pequenas reformas, manutenções, uniformes, produtos de limpeza, materiais de limpeza, termômetro etc).
  3. Funcionários com pouca qualificação: A escassez mão-de-obra continua sendo um grande problema do setor de alimentos. Pelo receio de não encontrar substituto, muitos empresários mantêm péssimos funcionários na equipe. 
              Características comuns de funcionário ruins que encontramos com frequência: saber que é “protegido” e não sentir seu emprego ameaçado, desinteresse, preguiça, desrespeito e resistência. Eu, particularmente, não chamo o indivíduo com esse perfil de profissional e sim de quebra-galho encostado.
  4. Ausência de profissional para dar continuidade no trabalho implantado.

 

          Os resultados são facilmente alcançados quando conseguimos superar esses itens mencionados acima ou, ao menos, alguns deles.

          A implantação do controle higiênico-sanitário, adequação as normas da Vigilância Sanitária, não são impossíveis. É um processo que exige empenho, conscientização e trabalho de várias pessoas, mas não há dúvidas sobre seus resultados:

  • Redução de custos
  • Redução de desperdícios
  • Redução do risco de acidente de trabalho
  • Clientes mais satisfeitos
  • Equipe mais qualificada
  • Produtos com mais qualidade
  • Produtos com maior segurança
  • Setor de trabalho mais organizado e limpo
  • Ambiente mais agradável
  • Tranquilidade frente as visitas dos fiscais da Vigilância Sanitária.

          Conte com a Saúde Viver Consultoria em Nutrição para adequar e transformar seu estabelecimento em referência de qualidade!

Fonte: Juliana B. Menegazzi, nutricionista sócia-proprietária da Saúde Viver Consultoria em Nutrição

 
Outros artigos: